Irmão de Genoino diz que petista corre 'risco iminente de vida'

Deputado José Guimarães (PT-CE) lembra que o ex-presidente do PT passou por cirurgia complexa no coração há pouco tempo e não tem condições de ficar preso

Fernando Gallo , O Estado de S. Paulo

18 de novembro de 2013 | 17h12

SÃO PAULO - O deputado José Guimarães (PT-CE), irmão do deputado licenciado José Genoino (PT-SP), afirmou hoje que o ex-presidente do PT vive um "risco iminente de vida", pelas condições a que foi submetido desde que foi obrigado a viajar de avião para Brasília, no sábado.

Genoino passou mal três vezes desde que se apresentou à Polícia Federal em São Paulo, na noite de sexta-feira. Em julho ele foi submetido a uma cirurgia de dissecção da artéria aorta, uma operação de alto risco.

"Ele não pode estar onde está. É um risco de vida, todo o País sabe disso. Não há firula. Conversei com médicos que estiveram com ele. Ele não tem condições de ficar lá (na Papuda). Pensem vocês, avaliem. Não sou eu que estou dizendo. Um cara que botou 15 centímetros (de material plástico) na aorta. Pode ficar dentro de um avião durante oito horas, ficar num lugar desse? Há um risco iminente de vida", declarou Guimarães, em intervalo da reunião do diretório nacional do PT.

Tudo o que sabemos sobre:
mensalãosaúdeGenoino

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.