Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Investigação sobre Banestado é "bombástica", diz PF

O esquema de lavagem de dinheiro investigado pela Polícia Federal envolve políticos e grandes empresários. A afirmação foi feita pelo delegado federal Francisco Castilho Neto ao participar de audiência pública na Comissão de Segurança da Câmara dos Deputados. O delegado foi convidado para falar sobre as investigações que começaram em 1998 e que indicam a evasão de US$ 30 bilhões do país, por meio contas CC-5, boa parte delas por meio da agência do Banestado de Nova Yorque. O delegado pediu os deputados intercedam pela continuidade das investigações em Nova York que foram interrompidas por falta de recursos. " A equipe retornou ao Brasil num momento crucial da investigação", disse o delegado. Francisco Castilho afirma que o conteúdo das investigações é bombástico. O perito da Polícia Federal, Renato Rodrigues Barbosa, disse que as investigações começaram em Foz do Iguaçu. Segundo ele, o esquema usou 300 "laranjas", agricultores que recebiam de R$ 500,00 a R$ 1000,00 para abrir contas bancárias em cinco agências de Foz do Iguaçu. Em apenas 20 dias a quadrilha chegou a movimentar US$ 50 milhões. O depoimento prossegue na Comissão de Segurança. As informações são da Agência Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.