Invasões inibem investimento no campo, afirma ministro

As invasões de terras preocupam o setor produtivo e podem resultar em menor investimento na safra 2004/05, avaliou hoje o ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, ao deixar a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), onde recebeu a proposta para o plano agrícola e pecuário 2004/05. "Da parte do governo não haverá redução, mas pode haver comprometimento do setor privado", afirmou. ?Esse é um assunto que tem magoado e assustado a classe produtiva rural. Estou preocupado?, disse.O ministro da Agricultura afirmou que o maior temor do governo é que ocorra um confronto direto entre invasores de propriedades rurais e fazendeiros. Na avaliação dele, apesar do aumento da tensão no campo esse confronto ?não é iminente?. Ele afirmou que as invasões sempre preocuparam o governo federal, mas que, neste ano, com o recrudescimento do movimento, a preocupação é maior. ?Neste ano, as invasões preocupam mais?, disse.Segundo Rodrigues, o governo federal tem feito ?aquilo que pode fazer para conter as invasões de terras?. O ministro afirmou que a estrutura jurídica que permitirá a reforma agrária está montada. ?Todo o processo passa agora por ações de reintegração de posse, que têm que ser cumpridas por governos estaduais?, afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.