Internautas usam Twitter para questionar Álvaro Dias

Acordo fechado com líderes da base aliada devolveria a Sarney condições políticas para presidir a Casa

Rodrigo Alvares, estadao.com.br

12 de agosto de 2009 | 10h23

O senador Álvaro Dias (PSDB-PR) respondeu a internautas através do  - ferramenta de micro-blogging - na manhã desta quarta-feira sobre o acordo que a oposição fechou ontem com os líderes da base aliada do governo para encerrar a guerra dos discursos no plenário, o que devolve a Sarney as condições políticas para presidir a Casa.

 

"Acordo para encerrar a crise? Absurdo o PSDB sucumbir às pressões!!! Se vocês não são alternativa, o que são?", questionou um dos seus seguidores. Dias respondeu que"A época do coronelismo acabou. Ninguém ganha mais no berro e na baixaria".

 

Para outro internauta, "o PSDB apunhalou seus eleitores pelas costas! E agora, em quem votamos em 2010?", o senador respondeu: "Não estou entendendo. Se ocorresse o tal acordo eu mesmo não votaria no PSDB. Até esse momento não há sinais de acordo por aqui".

 

Em mais um comentário, uma seguidora pergunta: "Bom dia senador Álvaro Dias !!! E então??? Não foi o senhor que passou o dia ontem jurando não haver acordão??? E aí???". O senador tucano rebateu: "E aí que não há acordão. Recorremos de todos os arquivamentos.E vamos seguir em frente. Obrigado". A internauta respondeu logo depois que "então acho bom o sr. avisar isso oficialmente à imprensa".

Tudo o que sabemos sobre:
TwitterSenadoÁlvaro Dias

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.