Interior paulista em emergência por baixa umidade do ar

O interior paulista enfrenta situação de emergência por causa da baixa umidade do ar. Em Ribeirão Preto, a temperatura chegou a 38 graus nesta tarde, com apenas 8% de umidade relativa do ar, recorde do ano segundo o meteorologista Alexandre Nascimento da empresa Climatempo. Na região de São José do Rio Preto, o calor chegou a 36 graus, com 11% de umidade.No leste do Estado, os paulistanos também tiveram mais um dia quente e seco, com temperaturas de 18,5 a 34,1 graus e umidade relativa do ar de 22% às 15 horas, na estação do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), no Mirante de Santana, na zona norte.Próximos diasUma frente fria avança do Sul para o Sudeste, trazendo instabilidade em todo o Estado a partir de quarta-feira, com a possibilidade de ocorrer temporais.Para a Climatempo, o dia amanhã já amanhece instável no oeste, no sul e na Baixada Santista, com chuva a qualquer momento, enquanto as demais regiões terão sol pela manhã e chuva à tarde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.