Instituto realiza mutirão de cirurgias de joelho

O Instituto Nacional de Traumato-Ortopedia (Into) realiza desta segunda até sexta-feira um mutirão de cirurgias de joelho, o segundo da especialidade este ano. Serão operados com próteses primárias 35 pacientes, a maioria do sexo feminino, que sofrem de artrose e artrite reumatóide. Haverá a participação de médicos de outras entidades, como a Sociedade Brasileira de Cirurgia de Joelho, de São Paulo. Eles poderão assistir às cirurgias, que serão transmitidas ao vivo para o auditório do Into, e ainda interagir com os cirurgiões, por meio de perguntas. O objetivo é capacitar um maior número de profissionais.Existem 1.704 pacientes na fila de espera por uma cirurgia de joelho no Into, especialidade mais procurada do instituto. O tempode espera e a gravidade da lesão foram os critérios utilizados para a seleção dos pacientes que serão operados no mutirão, informou o hospital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.