Instalação da Comissão da Lei da Copa é adiada

A instalação da comissão especial que vai debater o projeto de Lei Geral da Copa foi adiada para a próxima semana. Segundo o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), nem todos os partidos indicaram seus integrantes. Por isso, o início dos trabalhos, previsto para hoje, foi postergado.

BRASÍLIA, Agência Estado

05 de outubro de 2011 | 13h05

Apesar do adiamento, o PMDB e o PT já indicaram os deputados que vão comandar as discussões. Renan Filho (PMDB-AL) será o presidente e Vicente Cândido (PT-SP) ocupará a relatoria. Ambos são considerados integrantes da chamada "bancada da bola".

A criação da comissão visa acelerar a tramitação do projeto. O ministro do Esporte, Orlando Silva, afirmou na semana passada que o governo deseja aprovar o projeto até o final do ano na Câmara e no Senado, mas o presidente da Câmara, porém, acredita que será possível apenas aos deputados aprovar o projeto neste prazo.

Tudo o que sabemos sobre:
comissãoLei da Copaadiamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.