INSS volta a trabalhar na segunda, garante líder

A presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores, Denise Motta Dau, informou que as lideranças dos servidores do INSS reunidas em Brasília decidiram que voltarão na segunda-feira a trabalhar normalmente. Dau salientou que está mantido o acordo por parte dos servidores e que será observado o estado de alerta pela categoria, com assembléias semanais, aguardando o cumprimento da parte do governo no acordo.A líder sindical reafirmou que a categoria espera uma resposta do governo para a inclusão dos servidores do nível auxiliar na carreira previdenciária e a definição do valor da gratificação por desempenho (Gdap). A plenária nacional reunida hoje, durante todo o dia, em Brasília, decidiu ainda que o indicativo de estado de alerta da categoria tem por objetivo acompanhar o início da tramitação de um projeto de lei no Congresso Nacional que consolide todas as conquistas da categoria no movimento grevista. Dau reafirmou ainda que os servidores cumprirão por um prazo indefinido a jornada de 12 horas nas unidades para normalizar o pagamento dos benefícios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.