INSS vai descontar horas paradas por greve

A greve de advertência dos servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), de 48 horas, pelo cumprimento do acordo firmado no ano passado com o governo, pode ter conseqüênciaspara os servidores. O INSS avisou que todos os que participarem da paralisação terão os salários descontados ou terão que fazer hora extra para compensar as horas paradas.De acordo com o INSS, apenas 5,09% dos servidores aderiram à greve, o que significa que 1.945 funcionários deixaram de trabalhar num Universo de 39 mil. O Estado com maior adesão ao movimento foi o Rio Grande do Sul, onde o porcentual de grevistas chegou a 11,7%, seguido do Paraná, com 9,97%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.