INSS fará recadastramento pelos Correios

O ministro da Previdência, Amir Lando, disse , em visita a São Paulo, que oacordo com os Correios para o recadastramento dos beneficiários do Intituto Nacional de Seguridade Social (INSS) já foi fechado. No entanto, não deu detalhes de comoserá implantado o sistema. Revelou apenas que reuniões estão sendo feitas para a aplicação de um plano piloto, em São Paulo,a partir de julho.Em relação aos problemas de atendimento nos postos do INSS, Amir Lando só reiterou a convocação da força-tarefa paraajudar nas agências mais congestionadas, além de anunciar investimentos na modernização dos sistemas da Previdência ereforço nos convênios com as prefeituras através do Prevcidade.Sobre a decisão do INSS de restringir os benefícios para idosos com mais de 65 anos que ganham mais de um quarto desalário mínimo, o ministro afirmou que respeitará as decisões judiciais aplicando o benefício de acordo com o que o SupremoTribunal Federal decidir.Sem querer antecipar decisões, disse que os rumos dos acordos de revisão dos beneficiários serão decididos apenas amanhã,após reunião com os ministros Antonio Palocci e José Dirceu. A pauta da reunião será a discussão sobre fontes de receita paraos acordos. ?Eu almejo mais do que eu espero. E eu espero e almejo do mesmo tamanho, mas agora depende do governo? -disse o ministro, ao falar sobre suas expectativas em relação à reunião.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.