Insatisfeito, Temer quer discutir ´relação´ com governo

Incomodado com a demora do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em mudar a relação do governo com o PMDB, Michel Temer, presidente do partido, decidiu conceder uma entrevista coletiva, nesta terça-feira, às 15 horas, para abordar o assunto.A idéia surgiu depois de Lula e vários ministros terem proposto uma coalizão, em que o PMDB teria papel de destaque. No entanto, Temer ficou aguardando um chamado presidencial e isso não aconteceu.Nos bastidores, Temer não esconde que está insatisfeito com a demora. De acordo com ele, a relação entre o governo e o PMDB, hoje, é feita apenas por meio de líderes da ala governista, em especial o trio composto pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o senador José Sarney (PMDB-AP) e o deputado Jader Barbalho (PMDB-PA).Temer também já organizou para sexta-feira um encontro com sete governadores eleitos pelo partido, em Florianópolis, onde o anfitrião será o governador Luiz Henrique da Silveira, eleito para um segundo mandato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.