Inquérito sobre submarino vai para o MP

O juiz-auditor da 2.ª Auditoria da 1.ª Circunscrição Judiciária Militar, Edmundo Franca de Oliveira, que atuou no caso da bomba da Riocentro, enviou hoje ao Ministério Público o inquérito sobre o naufrágio do submarino Tonelero S-21, ocorrido na noite do dia 24 de dezembro, no Rio. Caberá aos procuradores oferecer denúncia para abertura de processo criminal ou pedir o arquivamento do caso. Quatro militares foram indiciados - três oficiais - e um sofreu transgressão disciplinar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.