Inquérito fatiado

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta terça-feira, 30, o desmembramento de inquérito e, a partir de agora, o presidente Michel Temer e o seu ex-assessor Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) passarão a ser investigados de modo separado ao do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG).

O Estado de S.Paulo

31 de maio de 2017 | 02h04

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.