Inocêncio diz que "hipócrita" com o IR é Malan

?Hipocrisia é a do ministro (Pedro Malan, da Fazenda), que manteve a tabela do Imposto de Renda por sete anos sem correção?, afirmou o líder do PFL na Câmara, Inocêncio de Oliveira (PE), ao responder à crítica de Malan aos deputados, por rejeitarem a proposta do governo para corrigir a tabela do Imposto de Renda. Malan afirmou hoje, durante exposição na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado que é "farisaísmo e hipocrisia" considerar pobres os contribuintes que serão atingidos pelo aumento da carga tributária resultante da proposta governamental. Ao saber que Malan argumentava que apenas 2,7% dos contribuintes teriam aumento de impostos, Inocêncio reagiu: ?O projeto do governo aumenta a carga tributária. Quem tem os números faz os cálculos que quiser... Agora vem o Malan falando essas besteiras?, disse. Inocêncio voltou a defender a proposta de correção da tabela do Imposto de Renda em 20%, por considerá-la um meio-termo que atenderá os contribuintes e que não implicará em prejuízo ao governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.