Inocêncio diz que FHC não vetará reajuste do IR

O líder do PFL na Câmara, Inocêncio Oliveira (PE), disse no início desta tarde que o presidente Fernando Henrique Cardoso não vai vetar o projeto de lei que reajusta a tabela de descontos do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF), mesmo que ele preveja uma correção de 20%. Segundo relato do líder, a promessa foi feita num telefonema de iniciativa do presidente para cumprimentá-lo por seu desempenho em defesa do projeto que muda a CLT. Fernando Henrique teria dito, ainda conforme relato de Inocêncio, que, em contrapartida, a base governista terá que abdicar de algumas coisas, referindo-se às emendas parlamentares ao orçamento de 2002 e às exigências da Lei de Responsabilidade Fiscal.O presidente chegou a pedir a Inocêncio que recuasse na defesa da correção da tabela do IRPF, mas o líder disse que já tinha avançado demais e não poderia recuar. "O senhor não vai querer desmoralizar um amigo", disse Inocêncio, reclamando ao presidente que a equipe econômica do governo "é muito insensível". O presidente respondeu que vai pedir aos integrantes da equipe econômica que se sentem com os líderes da base governista para negociar em torno do projeto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.