Início do governo Lula impressiona economista em Davos

A vice-presidente e economista-chefe do Conference Board dos Estados Unidos, Gail Fosler, disse estar "impressionada", com o início do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "O Brasil tem em relação à América Latina, um papel similar dos Estados Unidos em relação a economia global", disse Gail, que está participando do 33º Fórum Econômico nesta cidade. "O governo de Lula está dando sinais de que promoverá uma política sólida para tentar resolver o problema da dívida pública, com a manutenção de uma firme política fiscal e adoção de reformas. O País está indo na direção certa", afirmou.Segundo Gail, o Brasil é um país com características semelhantes às da China, país que vem alcançando avanços significativos na área econômica. "Como a China, o Brasil tem uma grande população, uma economia dinâmica e produtiva e poderá através de reformas que criem estruturas econômicas sólidas, obter avanços importantes nas próximas décadas", afirmou. A economista salientou que a situação da América Latina ainda é determinada pela política. "Por isso é fundamental a criação de estruturas econômicas sustentáveis na região e que sejam imunes às mudanças de caráter político".Gail também elogiou o fato de o presidente Lula participar do Fórum Econômico e isto poderá reforçar ainda mais o sentimento positivo no exterior em relação ao novo Governo.Veja o índice de notícias sobre o Governo Lula - Os primeiros 100 dias Veja o especial sobre os Fóruns de Davos e Porto Alegre

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.