Índios suspendem bloqueio da BR-163

Líderes indígenas de nove etnias suspenderam o bloqueio que já durava quatro dias na BR-163, entre os municípios de Santa Helena e Itaúba (MT). A rodovia foi liberada após reunião com o procurador da República, Mário Lúcio Avelar, representantes do Ministério dos Transportes e governo de Mato Grosso.Um documento será enviado à Presidência da República, por meio do Ministério Público Federal, com as reivindicações dos índios para serem incluídas no Plano da BR-163 Sustentável. Eles também querem garantias de demarcação de áreas indígenas no Norte de Mato Grosso e no Pará a fim de evitar invasões com a pavimentação da rodovia.Para o procurador, houve precipitação em anunciar a obra que prevê o asfaltamento de 950 dos 1.764 de extensão da estrada que liga Cuiabá (MT) a Santarém (PA). A obra do governo federal está orçada em R$ 1,1 bilhão. Os índios temem que o asfaltamento da rodovia provoque impactos ambiental e social nas aldeias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.