Índios protestam contra ida da Funai para o Ministério da Agricultura

Manifestação reuniu 21 aldeias de São Paulo e do Rio em Ubatuba (SP); protesto foi pacífico

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

19 de janeiro de 2019 | 10h09

SOROCABA – Um grupo de índios da etnia guarani fez um protesto nesta sexta-feira, 18, em Ubatuba, litoral norte do Estado de São Paulo, contra a transferência da Fundação Nacional do Índio (Funai) para o Ministério da Agricultura. Líderes dos indígenas protocolaram uma ação no Ministério Público Federal (MPF), em Caraguatatuba, pedindo que sejam tomadas medidas para reverter a decisão do governo federal.

O protesto reuniu representantes de 21 aldeias de São Paulo e do Rio de Janeiro. O grupo se reuniu na Aldeia Boa Vista, no bairro Prumirim. Os manifestantes caminharam pelas ruas da cidade e finalizaram o protesto numa praça de eventos, próxima da orla. De acordo com o cacique Danilo Benites, coordenador da manifestação, os líderes reivindicam também que as terras já demarcadas como territórios indígenas não sejam alteradas. O grupo levou faixas e cartazes durante a manifestação.

A Polícia Militar acompanhou o protesto, que foi pacífico, mas não contabilizou o número de manifestantes. O MPF de Caraguatatuba informou que a representação protocolada pelos indígenas ainda será analisada. A Funai foi procurada pela reportagem, mas não havia dado retorno até o início da noite.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.