Índios liberam rodovia em mato Grosso do Sul

Bloqueio fazia parte de uma série de protestos contra a chefia do superintendência regional da Funai

Agência Brasil

04 de fevereiro de 2009 | 16h18

Os índios que bloqueavam um trecho da rodovia MS156 encerraram o protesto na manhã desta quarta-feira, 4, e liberaram o tráfego na estrada, que liga o município de Dourados a Itaporã, em Mato Grosso do Sul. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, o trânsito na pista flui normalmente. A MS156 havia sido bloqueada por cerca de 50 índios na manhã de segunda-feira (2). O bloqueio fazia parte de uma série de protestos contra a chefia do superintendência regional da Fundação Nacional do Índio (Funai) em Dourados. Os índios pediam que a  atual chefe do escritório regional da Funai, Margarida Nicoletti, fosse substituída por uma liderança indígena. A Funai, entretanto, descartou qualquer mudança na chefia do escritório. Na terça-feira, uma assembleia de lideranças de aldeias localizadas nas redondezas de Dourados, no sul do estado, também decidiu pela manutenção de Nicoletti no cargo. Os líderes de 28 comunidades informaram ainda que os protestos realizados não retratavam a opinião da maioria dos índios locais.

Tudo o que sabemos sobre:
ÍndiosMato Grosso do Sul

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.