Índios Kanamari invadem Funasa no interior do Amazonas

Desde o último dia 6, cerca de 50 indígenas da etnia Kanamari ocupam a sede da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) em Atalaia do Norte, a 1.138 quilômetros de Manaus. "Estamos protestando pelo descaso e a omissão das autoridades, que ainda não tomaram quaisquer providências quanto ao repasse de recursos não aplicados desde o fim do ano passado para o Programa de Saúde Familiar Indígena pela prefeitura de Atalaia do Norte, apesar das graves irregularidades gerenciais e administrativas", afirma nota enviada à imprensa, ao Ministério Público e à Polícia Federal. A iniciativa, segundo o vice-coordenador do Conselho Indígena do Vale do Javari (Civaja), Kura Kanamari, tem apoio das etnias Marubo, Mayoruna, Matis e Kulina. Os indígenas pedem que o Ministério Público e a PF investiguem irregularidades na compra de insumos de logística (gasolina, óleo lubrificantes e diesel) efetuadas pelo Distrito de Saúde Indígena (DSEI Javari). A reportagem procurou o coordenador da Funasa no Amazonas, Francisco Aires, mas ele não foi encontrado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.