Índios invadem sede da Funai em Curitiba

Um grupo de 60 indígenas invadiu hoje a sede da Fundação Nacional do Índio (Funai) em Curitiba e bloqueou um trecho entre os quilômetros 450 e 461 da BR-373, na região de Chopinzinho, entre Guarapuava e Pato Branco, no sudoeste do Paraná.

JULIO CESAR LIMA, Agencia Estado

12 de janeiro de 2010 | 18h06

O protesto faz parte do movimento nacional de índios que também invadiu a sede da entidade em Brasília. O grupo protesta contra o decreto a ser sancionado pelo presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT), que fechará a coordenação regional no Paraná.

Para o cacique Carlos Ubiratan, o fechamento da coordenação no Estado obrigará os índios a se reportarem à sede de Santa Catarina. "Não podemos deixar que as sedes de Guarapuava, Curitiba, Londrina e Paranaguá sejam fechadas, pois precisamos desse apoio e do atendimento rápido para algumas reivindicações", afirmou.

"Estamos preocupados com essa atitude do governo, que nos pegou de surpresa, pois isso (fechamento) não chegou a ser discutido com ninguém", disse Ubiratan.

Tudo o que sabemos sobre:
FunaiíndiosinvasãoCuritiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.