Índios e caminhoneiros bloqueiam 3 estradas no MT

O bloqueio de três rodovias em Mato Grosso isolou a região Norte do País esta tarde. Índios terenas e caminhoneiros interditaram as BRs 163, 364 e 242 em Rondonópolis, sul do Estado. Os caminhoneiros mantiveram duas equipe de TV como reféns por mais de duas horas, em protesto à ação dos índios que interditaram, pela segunda vez nesta semana, a BR-163. Revoltados, os índios tomaram atitude semelhante, interrompendo o tráfego de veículos que dão acesso a Goiás e às Regiões Sudeste e Sul do País. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, cerca de oito mil carros estão parados no engarrafamento ou nos postos de combustível devido ao bloqueio dos índios. Ainda é tenso o clima entre índios e caminhoneiros. O Sindicato Patronal das Empresas Transportadoras de Cargas de Mato Grosso (Sindmt), calcula que nos dois dias de bloqueio da BR 163, que liga Rondonópolis a Campo Grande, o prejuízo é incalculável e muitos caminhoneiros estão correndo risco de perder toda a carga, principalmente quem transporta alimentos perecíveis. A maioria das empresas assumiram compromisso de entrega junto ao cliente, e agora, por causa do bloqueio, não terão condições para entregar as mercadorias dentro do prazo previsto em contrato, o quer pode aumentar ainda mais o prejuízo das transportadoras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.