Índios do Xingu protestam contra mudanças na saúde

Índios do Parque do Xingu fizeram ontem um protesto contra o fim do convênio do governo com a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), que prestava atendimento de saúde no local havia 43 anos. Segundo a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), a saída do grupo se deve a um decreto presidencial que impede assinatura de convênios com entidades dirigidas por servidores públicos, como a Unifesp.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.