Índios contrários à demarcação da Raposa invadem Funai

Eles mantêm refém o administrador substituto da fundação, Petrônio Oliveira; PF tenta negociação

Loide Gomes, especial para O Estado de S.Paulo

27 de janeiro de 2009 | 20h19

Cerca de 200 índios contrários à demarcação contínua da terra indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima, invadiram esta tarde o prédio da Fundação Nacional do Índio (Funai), em Boa Vista. Eles mantêm refém o administrador substituto da fundação, Petrônio Oliveira. A Polícia Federal cercou o local e tenta negociar com os índios. Os indígenas exigem sessenta passagens aéreas para Brasília, onde pretendem apresentar suas reivindicações diretamente ao presidente da Funai, Márcio Meira. Em entrevista autorizada pelos índios, Petrônio Oliveira disse a jornalistas que já entrou em contato com a presidência da Funai, mas foi informado que não há dinheiro para a compra das passagens.

Tudo o que sabemos sobre:
Raposa Serra do Sol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.