Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Índios bloqueiam rodovia e liberam pedágio no interior

Protesto no interior de São Paulo é contra projeto que retira do governo federal a autonomia para demarcar terras indígenas

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

11 Novembro 2015 | 16h16

Um grupo de indígenas das etnias terena e guarani ocupou um pedágio da rodovia Marechal Rondon (SP-300), na manhã desta quarta-feira, 11, em protesto contra projeto que retira do governo federal a autonomia para demarcar terras indígenas. Cerca de 120 índios, segundo a Polícia Militar Rodoviária, deixaram a aldeia Araribá, no município de Avaí, na região de Bauru, e ocuparam as cabines de cobrança do pedágio, liberando a passagem dos motoristas sem pagamento, pelas cancelas de cobrança automática.

De acordo com o líder indígena Davi Henrique da Silva, a ação faz parte de uma mobilização nacional contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) n.o 215, que transfere para o Congresso Nacional a palavra final sobre a demarcação de territórios indígenas, quilombolas e áreas de conservação ambiental. A proposta ainda precisa ser aprovada pela Câmara e Senado. A concessionária da rodovia informou ter adotado medidas para garantir a segurança dos funcionários do pedágio e dos próprios manifestantes.

Outros Estados. Cerca de 300 indígenas das etnias terena e guarani-caiovás bloqueiam também nesta quarta a rodovia estadual MS-156, entre Dourados e Itaporã, em Mato Grosso do Sul. Os índios são procedentes de seis aldeias existentes na região. O protesto é contra a PEC 215. Pelo mesmo motivo, um grupo de 200 índios bloqueou a BR-040, próximo de Brasília, durante a manhã. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.