Indio da Costa lembra Ficha Limpa e critica Dilma

O Grupo Estado realiza na manhã de hoje debate entre os candidatos à vice-presidente Michel Temer (PMDB), Antonio Indio da Costa (DEM) e Guilherme Leal (PV), respectivamente candidatos nas chapas de Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV). Na apresentação, Indio da Costa, que é deputado federal, falou de sua atuação na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Cartões Corporativos e lembrou seu trabalho como relator do projeto de lei Ficha Limpa.

CAROLINA FREITAS, Agência Estado

17 de agosto de 2010 | 11h45

No debate, o candidato a vice de Serra escolheu Dilma como alvo de suas críticas, ressaltando a convocação da presidenciável do PT na CPI dos Cartões Corporativos, em 2008. "Quem encabeçava a lista (de convocados para a CPI) era Dilma, por mau uso do cartão corporativo." Ao falar do Ficha Limpa, Indio da Costa disse que queria muito ser relator dessa matéria porque "estava cansado de fazer política sentado ao lado de alguém que (ele) não sabia o que estava fazendo lá na Câmara".

Michel Temer apresentou-se dizendo que um vice deve "participar e colaborar" com "a presidente da República". E citou que tomou gosto pela política já aos 18 anos, quando participou da direção de um centro acadêmico. O vice de Marina, o empresário Guilherme Leal, apresentou-se como um "empreendedor entusiasmado", que agora entra para a política por acreditar na mudança representada pela candidata verde.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2010debateviceEstado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.