Indígenas acampam na Esplanada

Para defender a criação do Estatuto dos Povos Indígenas, cerca de 250 índios, representando 150 etnias, acamparam ontem na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Entre as reivindicações estão a criação de um sistema de ensino educacional específico para crianças indígenas e a garantia de revisão e novas demarcações de terras. Os índios pretendem entregar a proposta a parlamentares até sexta-feira, quando se encerra o Acampamento Terra Livre.Outras preocupações são a mineração nas reservas, a gestão dos recursos hídricos e o assassinato de índios. Os projetos energéticos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) também foram atacados pelo líder da Articulação dos Povos Indígenas do Pantanal, Marcos Apurinã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.