Divulgação
Divulgação

Indicado pelo PMDB, Vinicius Lummertz deixa presidência da Embratur

Catarinense estava no órgão desde junho de 2015; exoneração foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda

Luci Ribeiro, O Estado de S. Paulo

04 de abril de 2016 | 12h08

Brasília - A presidente Dilma Rousseff exonerou, a pedido, Vinicius Renê Lummertz Silva do cargo de presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur). Lummertz, que é catarinense e ligado ao PMDB, estava no comando da Embratur desde junho do ano passado. Antes, ele ocupava o cargo de secretário nacional de Políticas do Turismo do Ministério do Turismo.

Lummertz deixa o cargo depois da decisão do partido de sair da base aliada do governo federal. O diretório do PMDB em Santa Catarina foi um dos primeiros a oficializar rompimento com o governo petista.

A exoneração de Lummertz está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira, 4, e tem efeito desde o dia 24 de março de 2016.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.