Divulgação - 10/2010
Divulgação - 10/2010

Indicado do PT pede demissão do Dnit

Transportes divulgou nota informando que recebeu o pedido de exoneração de Caron

Eduardo Rodrigues, de O Estado de S.Paulo

22 de julho de 2011 | 15h18

BRASÍLIA - O Ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, recebeu nesta sexta-feira, 22, pela manhã o pedido de exoneração feito pelo diretor de Infraestrutura Rodoviária do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Hideraldo Luiz Caron. De acordo com nota emitida há pouco pelo Ministério, o pedido de exoneração do diretor, filiado ao PT, será encaminhado ainda hoje à presidência da República.

 

A demissão de Caron foi antecipada mais cedo, pela Agência Estado. A decisão de deixar a diretoria do Dnit, foi por pressão da Presidência, apesar das insistentes tentativas de Caron, de permanecer no cargo. O PR, partido aliado, diretamente atingido pelas denúncias de irregularidades, com a perda de cargos no setor, também pressionava. Mas hoje, depois da reportagem do jornal O Estado de S.Paulo, a presidente Dilma Rousseff decidiu que não tinha mais condições de mantê-lo no cargo.

 

De acordo com a reportagem, Caron teria aprovado contrato de R$ 30 milhões com a prefeitura de Canoas (RS), para a construção de casas a sem-terra que ocupavam terreno próximo à construção da BR-448, contrariando pareceres da Advocacia Geral da União.

Tudo o que sabemos sobre:
TransportesDnitCaron

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.