Indicada à presidência da Petrobras doou R$ 24 mil para campanha de Dilma

Maria das Graças Foster, diretora de Gás e Energia da empresa, também doou R$ 10 mil para o diretório do PT no Rio de Janeiro

Eduardo Bresciani, do estadão.com.br, BRASÍLIA

23 de janeiro de 2012 | 17h08

Além de amiga da presidente Dilma Rousseff, a indicada pelo governo para comandar a Petrobras, Maria das Graças Foster, é doadora de campanha de Dilma. Graças Foster ocupa hoje a diretoria de Gás e Energia da companhia petrolífera.

 

Segundo dados disponíveis no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em 2010, a diretora doou R$ 24 mil para o comitê financeiro nacional do PT para presidente da República. As doações foram feitas em 10/08 e 06/09 daquele ano.

 

A futura presidente da Petrobras colaborou ainda com outra campanha do PT. Ela doou no dia 01/09/2010 outros R$ 10 mil por meio de transferência eletrônica para o comitê financeiro único do partido no Rio de Janeiro. No dia 28 do mesmo mês, Graça Foster fez outro depósito, no valor de R$ 500,00, em espécie, na conta da direção estadual do PT.

 

A reportagem procurou a Petrobras questionando qual o salário da diretora na ocasião e se ela desejava fazer alguma manifestação sobre as doações e aguarda resposta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.