Indicação de Maggi pode assumir cargo nos Transportes

Com o retorno de Alfredo Nascimento ao Ministério dos Transportes, algumas mudanças de cargos nessa área do governo já começaram a se esboçar. A primeira grande troca de cadeiras deverá ser no comando do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (DNIT). O atual secretário de Educação de Mato Grosso, Luiz Antônio Pagot, é o nome mais cotado para assumir o cargo de diretor-geral do órgão, em substituição a Mauro Barbosa da Silva. Pagot foi indicado pelo governador do Mato Grosso, Blairo Maggi, novo presidente de honra do partido de Nascimento, o PR.Pagot confirmou nesta sexta-feira que já recebeu o convite para exercer o cargo e disse que existe um entendimento na bancada do PR em relação ao seu nome. "Na semana que vem, também vou visitar todos os parlamentares do partido em Brasília", disse.Ele afirmou também que na próxima quarta-feira deverá ser recebido por Nascimento, em Brasília, para tratar de sua indicação ao cargo. "Na quarta, terei uma reunião com o ministro Alfredo Nascimento e, a partir daí, deverá ser deflagrado o processo de indicação."Para que seja oficializada a indicação, é preciso que o governo federal publique uma mensagem no Diário Oficial da União submetendo seu nome à apreciação do Senado. Depois disso, Pagot, que também é filiado ao PR, terá de passar por uma sabatina na Comissão de Infra-Estrutura, no Senado, e, em seguida, ter seu nome aprovado pelo plenário da Casa. Pagot, ex-secretário de Infra-Estrutura de Mato Grosso, foi indicado para o DNIT pelo governador do Estado, Blairo Maggi, que, ao lado de Nascimento, é hoje uma das principais lideranças do PR. No Ministério dos Transportes, ninguém se arrisca a confirmar oficialmente a informação da indicação de Pagot para o DNIT. Mas, nos bastidores, a troca de comando no DNIT já é dada como certa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.