Incra é multado por não cumprir acordo

O juiz Guilherme Pinho Gomes, da Vara Federal de Canoas, determinou que o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) pague multa diária de R$ 1 mil enquanto não conseguir assentar cem famílias que estão acampadas no Assentamento Santa Rita de Cássia 2, na região metropolitana de Porto Alegre. A autarquia teria descumprido o acordo judicial firmado em maio para assentar as famílias. A superintendência regional do Incra entrará com recurso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.