Incra e MST chegam a acordo sobre fazenda

O Movimento dos Sem-Terra (MST) e Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) chegaram nesta quarta-feira a um acordo, em Buritis (MG), na audiência pública realizada para definir a compra da Fazenda Barriguda 1, de 4.681 hectares, ocupada por 67 famílias. Na reunião, o Incra se dispôs a pagar até R$ R$ 500 por hectare, o que foi aceito pelos proprietários da gleba. Os donos da fazenda queriam receber do governo R$ 730 por hectare, mas uma avaliação do Incra conclui que o hectare só valeria R$ 350. Mesmo fechado o acordo, a compra da Barriguda 1 ainda dependerá de um parecer do Ministério Público de Minas Gerais, que ficou de analisar a proposta do Incra. Nesta quarta-feira, os líderes do MST ameaçaram deflagrar uma série de ações radicais na região, caso a aquisição da área não fosse decidida na audiência pública. A área reivindicada pelos sem-terra fica em Buritis, onde os filhos do presidente Fernando Henrique Cardoso têm uma fazenda. A fazenda é uma das opções programadas pela família do presidente para descansar durante o carnaval. Diante da ameaça de aproximação dos sem-terra da Fazenda Córrego da Ponte, o presidente estaria propenso a optar por passar os feriados de carnaval em seu sítio em Ibiúna, no interior de São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.