Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Incêndio em acampamento de sem-terra mata três crianças

Três crianças morreram carbonizadas em um acampamento de sem-terra no município de Campo do Meio, no sul de Minas Gerais. As crianças estavam em uma barraca de lona foi destruída pelo fogo, no acampamento Girassol, localizado na usina de açúcar Ariadinópolis. Os pais das vítimas não estavam no acampamento na hora do incêndio. Luiz Carlos Dionísio Antero, de 42 anos, e Eliana Dionísio Antero, de 23, foram presos no perímetro urbano de Campo do Meio. De acordo com a Polícia Militar de Varginha, eles estavam embriagados no momento da prisão. Os dois foram autuados em flagrante por abandono de incapaz e conduzidos para a delegacia da cidade.Os corpos de A.A.C.A., de apenas dois meses, W.D.A., de dois anos, e W.D.A., de três, foram encontrados por um lavrador, que se identificou como tio das crianças. Outros dois filhos do casal, que também estavam na barraca, conseguiram escapar sem ferimentos. A polícia ainda não sabe o que pode ter causado o incêndio e abriu inquérito para apurar o caso. Cerca de 240 famílias vivem em cinco acampamentos na área da usina, que tem aproximadamente seis mil hectares e está desativada desde 1998. Na sexta-feira, cerca de 300 pessoas ligadas ao MST e à Federação dos Trabalhadores em Agricultura do Estado de Minas Gerais (Fetaemg) deixaram os acampamentos e ocuparam a sede da usina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.