Incêndio destrói acervo de artesanato da Funai

A polícia técnica inicia neste sábado uma perícia para descobrir a causa do incêndio que atingiu hoje o prédio da Fundação Nacional do Índio, em Brasília. O fogo destruiu o acervo de artesanato da fundação, com peças de 200 etnias indígenas.O laudo da perícia deve ficar pronto em 30 dias.O fogo ficou restrito ao térreo e ninguém ficou ferido. Assim que o fogo foi controlado, no início da noite, o prédio foi interditado.O incêndio ocorreu quatro dias depois de índios xavantes, pankararu e pataxós manifestarem descontentamento com o presidente da Funai, Eduardo Almeida. Segunda-feira passada, havia rumores de que Almeida deixaria o cargo. Ele disse que continuará presidente da Funai.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.