ANDRE DUSEK/ESTADÃO
ANDRE DUSEK/ESTADÃO

Princípio de incêndio atinge segundo andar do Supremo

Prédio está interditado para levantamento de danos na manhã desta segunda-feira

Rafael Moraes Moura, O Estado de S.Paulo

26 Março 2018 | 09h45

BRASÍLIA - Um princípio de incêndio atingiu na manhã desta segunda-feira (26) um dos anexos do Supremo Tribunal Federal (STF) em Brasília. De acordo com a assessoria da Corte, o fogo já foi controlado pelos bombeiros e se restringiu ao segundo andar do anexo 2 do STF. Não há feridos.

Segundo a assessoria do STF, o princípio de incêndio foi provocado por um curto circuito em aparelho de ar condicionado e atingiu a Seção de Processos Diversos da Secretaria Judiciária. O prédio está interditado para levantamento dos danos.

Vídeos obtidos pela reportagem do Broadcast mostram uma equipe de bombeiros em ação na sala C-205, da Seção de Processos Diversos, com móveis e computadores encharcados. Segundo a reportagem apurou, também houve danos materiais na recepção da biblioteca.

Uma equipe de engenharia está neste momento avaliando a situação dos andares superiores do edifício, que ficará interditado até as 12h.

No prédio interditado estão os gabinetes de dez ministros da Corte, exceto o da presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, que trabalha no edifício-sede. O plenário do STF também está no edifício-sede. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.