IML já necropsiou seis dos 26 corpos de garimpeiros mortos

Seis do total de 26 corpos de garimpeiros mortos na reserva indígena de Roosevelt já foram necropsiados pelo Instituto Médico Legal de Porto Velho, em Rondônia. Segundo o Diretor do IML, Nilton Esquitini, a e quipe de peritos é formada por 14 médicos legistas, 4 odontólogos legais, 18 técnicos de necropsia e 20 datiloscopistas. Eles devem concluir as necropsia em dois dias úteis, na melhor das hipóteses, afirmou Esquitini.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.