Imbassahy: vitória de Jader não é derrota de ACM

O prefeito de Salvador, Antônio Imbassahy, disse hoje que o presidente do Senado, Antônio Carlos Magalhães, não será derrotado caso seu adversário político, Jader Barbalho, seja eleito hoje seu sucessor. "Ele tem a causa pela ética e pela atitude moral. E se você tem a causa, você vai com ela até o fim", disse Imbassahy. Ele lembrou que Magalhães teve outras lutas pelo aumento do salário mínimo, pela investigação do Poder Judiciário e pelo combate à pobreza e que, em todos esses movimentos, o senador enfrentou muita resistência, mas acabou vitorioso."Todo mundo sabe sobre a origem dos bens de Jader Barbalho", provocou o prefeito, ao lembrar que o Ministério Público está fazendo investigações e descobrindo "coisas terríveis". Na opinião do prefeito, ACM deverá continuar apoiando o governo, mas com postura crítica. "O que houver de errado ele vai falar, como sempre falou". Imbassahy afirmou também que os prefeitos da Bahia, que apoiam o senador, e a população em geral desejam que ACM se candidate ao governo do Estado nas próximas eleições. Mas admitiu que ainda é cedo para pensar nisso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.