Ideli nega responsabilidade por compra de lanchas pelo Ministério da Pesca

Gasto de R$ 31 milhões foi feito sob a gestão da atual ministra da Secretaria de Relações Institucionais e é questionado pelo Tribunal de Contas

Rafael Moraes Moura, de O Estado de S.Paulo

03 de abril de 2012 | 14h05

Alterado para correções às 18h17

BRASÍLIA - A ministra da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, disse nesta terça-feira, 3, que não pode dizer "se foi um equívoco ou não" a compra de 28 lanchas-patrulha pelo Ministério da Pesca, que é alvo de suspeitas levantadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU). Parte do pagamento do contrato de R$ 31 milhões à empresa Intech Boating foi feito sob a gestão de Ideli no ministério.

Como o Estado revelou na semana passada, a Intech Boating doou R$ 150 mil ao comitê eleitoral do PT em Santa Catarina, que financiou 81% dos custos da campanha de Ideli ao governo estadual. Questionada nesta terça por jornalistas se a compra das lanchas não teria sido um equívoco, Ideli respondeu: "Meu amor, eu não posso dizer se foi um equívoco ou não. Quando cheguei ao ministério, tomei todas as providências no sentido de agilizar que as lanchas fossem utilizadas, entregues, fossem repassadas. Não posso me responsabilizar". O comentário foi feito depois do lançamento do pacote com medidas de estímulo à economia, no Palácio do Planalto. Em entrevista ao Estado, o ex-titular da Pesca Luiz Sérgio disse que a ação da pasta de cobrar dinheiro para o PT de Santa Catarina de uma empresa contratada pelo governo federal foi um "malfeito".

Ideli voltou a afirmar nesta terça que a doação da empresa ao Partido dos Trabalhadores "foi legal". "A contribuição (doação) foi legal, feita ao comitê estadual do PT, a minha conta de campanha foi aprovada por unanimidade, o comitê estadual repassou recursos para todos os candidatos do PT de Santa Catarina. Eu tô muito tranquila, a hora que eu for acionada vou prestar os esclarecimentos", disse a ministra. "No relatório do TCU não há uma única citação à minha pessoa. Não tenho nada a ver com aquilo", afirmou Ideli.

Tudo o que sabemos sobre:
Idelicriselanchaspesca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.