Ideli nega participação em grupo dos 'aloprados'

Ministra disse que 'tentativa' de envolvê-la no episódio da compra do dossiê é uma 'falácia'

Agência Estado

27 de junho de 2011 | 18h23

Em nota divulgada nesta segunda-feira, 27, a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, negou participação no grupo dos "aloprados". Ao comentar reportagem da revista Veja sobre sua suposta participação no grupo de petistas que elaborou um dossiê contra a candidatura do tucano José Serra ao governo paulista, em 2006, ela afirmou que é uma "falácia" a "tentativa" de envolvê-la no episódio.

"Não participei de reuniões que tivessem como tema a elaboração de material", destacou a ministra. "Na condição de líder da bancada do PT no Senado, fui chamada ao gabinete do então líder do governo, Aloizio Mercadante, para uma reunião em setembro do mesmo ano para tratar de um depoimento que seria dado ao Conselho de Ética". Na nota, Ideli disse que, na ocasião, apenas expressou que o conselho não seria o fórum adequado para debater o assunto. "Destaco que minha atuação partidária é absolutamente alheia ao contexto político em que estaria envolvida a divulgação do suposto dossiê detalhado na reportagem da revista", ressaltou.

Tudo o que sabemos sobre:
denúnciadossiê dos alopradosIdeli

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.