Ideli: houve votos do PFL e PSDB a favor de Renan

A líder do PT no Senado, Ideli Salvatti, afirmou que o PT não pode ser o único responsabilizado pela absolvição do senador Renan Calheiros. "Aquele placar não seria possível sem a participação de parlamentares do PFL e PSDB, e não foram poucos", afirmou. "Todos sabem que houve votos contra também no PT", acrescentou. A senadora afirmou que é preciso agora ver como fica o ambiente político no Senado, e quais são os próximos passos, já que há informações circulando de que Renan Calheiros poderia se licenciar por alguns dias. O senador Renato Casagrande, um dos relatores no processo julgado ontem, disse, por sua vez, que os culpados pelo resultado de ontem foram o corporativismo e a falta de sintonia do Senado com a sociedade. Em relação aos argumentos de que as abstenções foram justificadas pela falta de provas, Casagrande afirmou que tal argumento é de quem não lê os relatórios e é "inaceitável". O senador disse que a crise, depois da sessão de ontem, continua "acampada no Senado".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.