Ideli critica convocação de Carvalho pela Câmara

A ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, criticou a convocação do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, para comparecer em até 30 dias na Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados. "Eu considero particularmente desnecessário fazer uma convocação", comentou a ministra após reunião com a liderança do governo na Casa.

DAIENE CARDOSO, Agência Estado

12 Junho 2013 | 19h25

Em tom de reclamação, Ideli disse que não é a primeira vez que um ministro do governo Dilma é convocado, embora todos tenham disposição de vir ao Congresso todas as vezes que são convidados. "Não precisava ser convocação", insistiu. Ideli garantiu que Carvalho virá à Câmara "com a maior tranquilidade", assim como ele virá ao Senado, onde foi convidado anteriormente.

A ministra enfatizou que a tarefa de Carvalho é fazer a intermediação com a sociedade civil e que ele tem feito isso "de forma exaustiva". Nas conversas com os índios, por exemplo, Ideli disse que o governo tem tratado o assunto com respeito e sempre buscando evitar os conflitos, mas que o País tem suas necessidades, entre elas a construção de usinas hidrelétricas, que "necessitam ser executadas e serão executadas".

Popularidade de Dilma

Ideli minimizou o resultado das pesquisas de intenção de voto para sucessão presidencial que apontam queda na popularidade da presidente Dilma Rousseff. "Gente, pesquisa sobe, desce, é da vida. O mais importante é o trabalho e o resultado do trabalho", respondeu.

Ela citou o discurso da presidente feito na manhã desta quarta-feira, quando ela disse que "aos advogados do apocalipse, de que o mundo vai cair na nossa cabeça, se preparem que tem muito trabalho e muita coisa boa para acontecer".

Mais conteúdo sobre:
índios MS Câmara Gilberto Carvalho Ideli

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.