Ibope: Senadora ameaça reeleição de Tarso no RS

Pesquisa Ibope divulgada nessa segunda-feira, 30, sobre a intenção de voto para o governo do Rio Grande do Sul mostra que o governador Tarso Genro (PT) é ameaçado pela senadora Ana Amélia Lemos (PP). O levantamento, contratado pelo Grupo RBS, ouviu 1.008 eleitores entre os dias 24 e 27 de setembro. O estudo, que tem margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos, mostra que Tarso fica à frente de Ana Amélia nas pesquisas espontânea e estimulada, mas com uma pequena vantagem.

LUCAS AZEVEDO, Agência Estado

30 de setembro de 2013 | 16h48

Na espontânea, o governador tem 9% das intenções de voto e a senadora, 7%. Brancos e nulos somam 11%. Os que não sabem ou não responderam chegam a 66%. Na pesquisa estimulada, Tarso conta com 27% contra 26% de Ana Amélia. Brancos e nulos somam 18% e o grupo dos não sabem ou não responderam, 19%. Em uma simulação de segundo turno, Ana Amélia venceria com 38%, enquanto Tarso faria 23% - com brancos e nulos 20%, e não sabem ou não responderam, 19%.

A pesquisa também verificou a aprovação do governo Tarso. A maioria deu uma nota média ao petista: 41% consideram sua gestão regular, 31% boa, 12% ruim, 10% péssima e 3% ótima. Os que não sabem ou não responderam somaram 3%.

Presidência

O levantamento também abordou a avaliação do governo da presidente Dilma Rousseff. Os entrevistados classificaram como regular (37%), bom (36%), ruim (14%), péssimo (7%) e ótimo (5%). Os que não sabem ou não responderam somaram 1%. Por último, 54% disseram que aprovam a maneira que o País está sendo governado, contra 39% que desaprovam.

Na pesquisa espontânea para presidente da República, Dilma teve 16% das intenções de voto, seguida pelo ex-presidente Lula (6%), Aécio Neves (6%), José Serra (4%) e Marina Silva (3%). Brancos e nulos somaram 11%, e não sabem ou não responderam, 54%.

Na estimulada, Dilma é a preferida nos três cenários em que aparece. No qual seu nome não é citado, Lula fica à frente de Marina, Aécio Neves e Eduardo Campos.

Mais conteúdo sobre:
IbopeRS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.