Ibope: Netinho (34%) e Marta (35%) empatam na briga pelo Senado em SP

Beneficiado pela saída de Quércia, Aloysio Nunes (PSDB) foi de 16% para 22%

17 de setembro de 2010 | 22h59

A última rodada da pesquisa Ibope/Estado/TV Globo revela um cenário governista na disputa pelas duas vagas ao Senado por São Paulo - se a eleição fosse hoje, os dois candidatos apoiados pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva se elegeriam. O levantamento aponta um empate técnico entre a postulante do PT, Marta Suplicy, com 36% das intenções de voto, e o do PCdoB, Netinho de Paula, com 34%. A diferença está dentro da margem de erro da pesquisa, de dois pontos porcentuais para cima ou para baixo.

 

Veja também

linkAlckmin mantém vantagem e venceria no 1º turno, aponta Ibope

linkDilma mantém 51%; Serra tem 25% e Marina vai a 11%

 

Na comparação com o levantamento anterior, divulgado no último dia 10, Marta manteve-se estável, enquanto Netinho oscilou positivamente, indo de 33% para 34%, e empatando com a petista. A estagnação dos dois candidatos contrasta com a tendência de crescimento apontada pelo candidato do PSDB, Aloysio Nunes Ferreira, que foi 16% para 22% das intenções. Chama a atenção também o número de eleitores indecisos, que embora tenha diminuído em relação ao último levantamento (33%), continua em 27%.

 

Em relação à pesquisa anterior, Aloysio conseguiu se descolar de Romeu Tuma (PTB), que oscilou de 16% para 18%. Nas últimas, o candidato do PSDB se beneficiou da desistência de seu companheiro de chapa, o ex-governador Orestes Quércia, que abandou a disputa por conta de um câncer na próstata. Quércia anunciou apoio integral a Aloysio, cedendo seu tempo na propaganda gratuita para o tucano.

 

O candidato do PTC, Ciro Moura, esta em quarto lugar (8%), seguido de Moacir Franco (PSL - 5%), Ricardo Young (PV - 4%), Ana Luiza (PSTU - 2%), Marcelo Henrique (PSOL - 1%), Afonso Teixeira (PCO - 1%), Serpa (PSB - 1%) e Dirceu Travesso (PSTU). Os outros candidatos não pontuaram.

 

O Ibope realizou 1.806 entrevistas para produzir a pesquisa. O levantamento foi registrado no TRE/SP sob o protocolo número 85092/2010. No TSE, a identificação é o 30249/2010.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.