Ibope: Medição antes da renúncia de Roriz mostra Agnelo na liderança

Para o Senado, Cristovam e Rollemberg são os favoritos

Jair Stangler/SÃO PAULO, Estadão.com.br

24 de setembro de 2010 | 19h38

A pesquisa Ibope/Estado/TV Globo realizada no Distrito Federal entre os dias 21 e 23 de setembro, antes da renúncia de Joaquim Roriz (PSC), traz Agnelo (PT) na liderança com 42% das intenções de voto (oscilação negativa de um ponto) contra 33% de Roriz, que cresceu 3 pontos. Considerando apenas os votos válidos, Agnelo tem 49% das intenções de voto e Roriz tem 39%.

Toninho do PSOL tem 7%. Os demais candidatos tem 2% ou menos. 7% estão indecisos e 8% pretendem votar em branco ou anular o voto.

Segundo turno. Em um eventual segundo turno, o petista teria 45% e o candidato do PSC 34% das intenções de voto. Nesta hipótese, 12% dos eleitores pretendem votar em branco ou nulo e 9% declaram-se indecisos.

Senado. Na disputa pelo Senado, Cristovam Buarque (PDT) tem 50% das intenções de voto, seguido por Rollemberg (PSB) com 41%. Em outro patamar de intenção de voto estão os candidatos Abadia (PSDB), com 24%, e Alberto Fraga (DEM), com 20% das menções.

A pesquisa foi realizada entre os dias 21 e 23 de setembro de 2010 com 1.806 eleitores. A margem de erro é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no TRE/DF sob registro nº 32294/2010 e no TSE sob protocolo nº 31795/2010.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.