IBGE lança programa com informações de 5.507 municípios

Um programa de computador com capacidade para fornecer informações sociais, econômicas e territoriais dos 5.507 municípios brasileiros foi lançado nesta segunda-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O software permite ao usuário construir suas próprias planilhas e cartogramas, combinando 1.659 variáveis contidas na base de dados. O programa, chamado Estatcart, custa R$ 15. Estão disponíveis CD Roms específicos para cada um dos 1.058 municípios com mais de 25 mil habitantes, onde as informações chegam ao detalhe de ruas e quarteirões das cidades. Cada CD Rom de um município custa R$ 50. Os interessados poderão comprar pela internet, no endereço www.ibge.gov.br, ou pelo telefone 0800-218181.As informações sobre os chamados setores censitários, que reúnem grupos de 200 domicílios em média e ficaram a cargo de um recenseador, no período de coleta de dados do Censo 2000, permitem que se conheça os mínimos detalhes de uma cidade, como as áreas de maior e menor poder aquisitivo, onde há melhores e piores condições nos domicílios ou onde há mais e menos analfabetos. À medida que novas informações forem organizadas pelo IBGE, os usuários que têm o CD Rom poderão anexá-las, fazendo o download pela internet."O programa permite visualizar o Brasil, Estados, municípios e vai até a menor célula de informação do IBGE, que é o setor censitário", diz o superintendente do Centro de Documentação e Disseminação de Informações, David Wu Tai. O programa permite obter informações de 1997 até o Censo 2000. "Estamos dando as informações e cabe ao usuário transformar os dados em conhecimento. O trabalho do usuário será acessar os dados e analisá-los", resume David.GeomarketingAlém da importância acadêmica, o superintendente lembra que o programa terá grande utilidade também para o que ele chama de geomarketing, como a elaboração de estratégias para investimentos futuros. Um investidor que pretende abrir desde um shopping center a uma escola poderá escolher a cidade ou o bairro a partir de informações sobre a população que vive ali, como a renda, escolaridade, idade média, moradores por domicílio, sexo e inúmeras outras variáveis. Ou, por outro lado, alguém que queira investir em determinada área poderá escolher o melhor tipo de empreendimento a partir de informações detalhadas sobre o lugar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.