Ibama libera usinas do rio Madeira com 33 condicionantes

O Ibama informou nesta segunda-feira, 9, que concedeu licença prévia para as duas usinas hidrelétricas do rio Madeira, em Rondônia, com 33 condicionantes. O presidente do Ibama, Bazileu Alves Margarido, confirmou oficialmente a concessão da licença. "Essa licença foi resultado de um exaustivo processo de análise", disse Margarido.Segundo ele, a concessão foi decidida após o Ibama avaliar que os empreendimentos são viáveis do ponto de vista ambiental, desde que sejam cumpridos os condicionantes estabelecidos no documento. O instituto não deu detalhes sobre o teor das condicionantes. As duas usinas do rio Madeira, Jirau e Santo Antonio, vão gerar cerca de 6,5 mil megawatts, metade da geração da usina hidrelétrica de Itaipu. A previsão é de que a primeira usina, de Santo Antonio, entre em operação entre 2012 e 2013. As usinas estão avaliadas em 20 bilhões de reais e são um dos principais projetos de energia do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.