Ibama irá multar Petrobras por vazamento da P-7

O Instituto Nacional do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) vai aplicar na próxima semana uma multa na Petrobras, em decorrência do vazamento de petróleo na Plataforma P-7, na Bacia de Campos, na última quinta-feira. O diretor de Controle e Fiscalização Ambiental do Ibama, Humberto Candeia, disse ontem que a aplicação da multa já é certa, mas que ainda não sabe o valor.Candeia afirmou que o Ibama aguarda o resultado de um relatório que está sendo elaborado pela equipe técnica do Rio de Janeiro. "Não sabemos o valor ainda", disse. O diretor do Ibama não acredita que os acidentes envolvendo a Petrobras esteja associado com eventual sabotagem. Para Candeia, é necessário que seja avaliado se a Petrobras realizou investimentos necessários em manutenção no passado. Mas esta tarefa, disse ele, não é do Ibama.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.