Ibama apreende carregamento irregular de peixes ornamentais

Os fiscais do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) apreenderam, em Santarém (PA), um carregamento de peixes ornamentais. As 56 caixas de isopor, vinham de Itaituba e estavam em uma caminhonete que foi interceptada no porto da cidade. A carga seria embarcada para Belém e Manaus.Os responsáveis pela carga apresentaram notas fiscais aos agentes. Em uma delas, parte da carga estava devidamente documentada, inclusive com a Guia de Trânsito Animal, expedida pelo Ministério da Agricultura, na qual constava o registro de 100 peixes ornamentais. A maior parte da carga, porém, não estava declarada. As caixas apreendidos foram levadas para um criadouro credenciado pelo Ibama, onde os espécimes foram contados e classificados. De acordo com informações do órgão ambiental, o número de peixes é superior ao declarado na nota fiscal: 1.037. Havia ainda 12 arraias, de duas espécies.Os animais serão encaminhados ao Núcleo de Fauna do Ibama, em Belém. A empresa, que tem sede em Itaituba, e filial em Santarém, foi notificada.As informações são da Agência Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.