Humberto Costa intensifica ataques a Geraldo Julio

Perdendo terreno na preferência do eleitorado - de acordo com a última pesquisa Ibope, caiu para o terceiro lugar, com 15% - o candidato petista a prefeito do Recife, Humberto Costa, acirrou o tom de ataque na propaganda eleitoral do rádio e da televisão. O alvo principal é o afilhado político do governador Eduardo Campos, Geraldo Julio (PSB), que está na liderança, com 39%.

ANGELA LACERDA, Agência Estado

24 de setembro de 2012 | 22h13

O mote, constantemente repetido pelo PT, é o de que o projeto estadual de Parceria Público Privada da Compesa (empresa estadual de água e saneamento), para implantar saneamento na capital e região metropolitana, vai aumentar em 15% a tarifa da água. O assunto vem sendo tratado pelo PT como "privatização" da Compesa.

Humberto garante que, se eleito prefeito, vai acabar com o contrato para o Recife, impedindo o aumento da água. Diz que irá resolver o problema através de projetos em parceria com a presidente Dilma.

A acusação levou o governador a aparecer no programa do seu candidato e afilhado político, Geraldo Julio, dizendo que se trata de uma mentira. "A Compesa não será vendida e não haverá aumento da conta d''água", esclareceu o governador ao eleitor, ao atribuir a atitude a "gente desesperada para vencer uma disputa eleitoral".

O candidato do PSDB, Daniel Coelho, que, de acordo com a pesquisa Ibope divulgada no domingo desbancou o candidato do PT e está na segunda colocação, com 24%, também não escapou ao ataque petista. Humberto buscou desconstruir a imagem de novo e independente que vem sendo atribuída a Daniel, ao lembrar que atrás do candidato - que é egresso do PV e usa sempre camisa verde - está o PSDB, partido, segundo ele, ligado ao atraso. "É o que há de mais velho na política do Brasil", afirmou, enquanto imagens do ex-presidente Fernando Henrique e do candidato à prefeitura de São Paulo, José Serra, eram mostradas. "Se a gente baixar a cabeça, se a gente não tiver coragem de enfrentar, vão querer ganhar no grito", alerta o petista.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2012RecifeHumberto Costa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.